fb

Dados e analytics

3 min de leitura

O impacto dos dados no trabalho, carreiras e profissões

Com série, festival e capacitação, Social Good Brasil traz direcionamentos para quem deseja dominar a ciência de dados

Colunista Fernanda Bornhausen

Fernanda Bornhausen

03 de Setembro

Compartilhar:
Artigo O impacto dos dados no trabalho, carreiras e profissões

Em meu último artigo, contei sobre o lançamento da Habilidados, a primeira série sobre educação em dados do País, criada pelo Social Good Brasil e disponibilizada gratuitamente no Youtube. A série integra a Jornada de Educação em Dados SGB e foi construída com base em nossa metodologia proprietária, com uma linguagem clara e acessível a todos, sendo porta de entrada para muitas pessoas que estão começando a se aprofundar no tema para compreender a era dos dados.

Entre as temáticas abordadas na série, compartilho com vocês uma das mais importantes, que afeta pessoas de várias idades e áreas: o trabalho. Afinal, desde os jovens que estão começando a pensar suas profissões até os gestores mais experientes, consolidados em suas carreiras, passam por mudanças e transições de carreira.

Com a pandemia, por exemplo, todos precisaram se adaptar e criar alternativas, seja trabalhando remotamente, liderando equipes a distância, ou tendo que inovar para sobreviver em meio à crise econômica. E é aí que entra a competência de trabalhar com dados.

Você já parou para pensar que não é uma habilidade apenas para cientistas de dados ou pessoas que atuam na área de tecnologia? Pesquisas apontam como uma habilidade essencial para o futuro, mas também para o presente, seja para tomar decisões mais assertivas no seu negócio ou proteger os dados de seus colaboradores ou clientes em meio a vazamentos e golpes.

Se antigamente uma carreira se baseava em estudar, trabalhar - muitas vezes no mesmo lugar durante toda a vida - e se aposentar, hoje há diversos cenários possíveis. E a educação em dados pode apoiar pessoas e organizações a lidarem com os desafios que surgem no meio de uma pandemia. Afinal, ela permeia tudo: do planejamento de OKRs à estratégia de marketing de uma organização.

O Relatório do Futuro do Trabalho de 2020, realizado pelo Fórum Econômico Mundial, que apresenta dados exclusivos do LinkedIn, Coursera, ADP e FutureFit.AI, mostra que pessoas desempregadas procuraram aprender habilidades digitais como análise de dados, ciência da computação e tecnologia da informação para se diferenciar no mercado. E que pensamento analítico, criatividade, resolução de problemas e flexibilidade estão entre as competências que terão mais oportunidades de trabalho nos próximos cinco anos. Você está preparado?

Aprendendo a trabalhar com dados

A primeira temporada da série Habilidados terá oito episódios, lançados quinzenalmente, às segundas-feiras, sendo construídos com base nas sete competências da metodologia inovadora e exclusiva do Social Good Brasil. O segundo episódio, aliás, você confere aqui.

2021 está sendo um momento incrível para a nossa organização, com muitos lançamentos, a maioria deles sendo produtos gratuitos, cumprindo o nosso propósito. Além de Habilidados, você pode descobrir o seu nível de fluência em dados com a autoavaliação SGB.

Ainda neste ano teremos a 10ª edição do Festival SGB e uma turma de formação de cidadãos de dados EAD para qualquer pessoa interessada em se aprofundar no tema. O curso online é mais um dos nossos projetos se tornando realidade. Acabamos de abrir inscrições gratuitas para uma turma de jovens da grande Florianópolis, preparando-os para o mercado de trabalho, para lidar com fake news e golpes virtuais, além de ensiná-los a usar os dados para gerar impacto positivo.

O nosso sonho em democratizar a educação em dados no País está só começando. E você, vem comigo nessa Jornada?

Gostou do artigo da Fernanda Bornhausen? Saiba mais sobre educação em dados assinando gratuitamente nossas newsletters e ouvindo nossos podcasts na sua plataforma de streaming favorita.

Compartilhar:

Colunista

Colunista Fernanda Bornhausen

Fernanda Bornhausen

Fernanda Bornhausen é membro do conselho de administração do Grupo Cometa e do seu comitê de inovação, vice-presidente do conselho da Acate (Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia), co-founder e diretora da consultoria Clear Inovação e conselheira da MIT Sloan Review Brasil.

Artigos relacionados

Imagem de capa A democratização de dados em Hollywood - parte 2

Dados e analytics

06 Julho | 2022

A democratização de dados em Hollywood - parte 2

Kartik Hosanagar fala sobre como a inteligência artificial pode ajudar o setor de entretenimento a descobrir novos talentos e produtos

Sam Ransbotham e Shervin Khodabandeh

7 min de leitura

Imagem de capa A democratização de dados em Hollywood - parte 1

Dados e analytics

30 Junho | 2022

A democratização de dados em Hollywood - parte 1

O papel dos dados na criação de oportunidades no cinema e na TV

Sam Ransbotham e Shervin Khodabandeh

4 min de leitura

Imagem de capa Menos é mais na migração de dados

Dados e analytics

16 Maio | 2022

Menos é mais na migração de dados

Apenas três princípios são necessários para agilizar a transferência de dados e, com isso, acelerar a inovação

Konstantinos Varsos, Neil McConachie, Salena Hess e Ethan Murray

4 min de leitura

Imagem de capa Microsserviços: abordagem ágil aumenta produtividade e garante flexibilidade aos negócios

Business content

16 Fevereiro | 2022

Microsserviços: abordagem ágil aumenta produtividade e garante flexibilidade aos negócios

A arquitetura de microsserviços é o tipo de tecnologia invisível ao usuário final, mas que oferece várias vantagens às empresas. Saiba quais são

Juliana Coin

4 min de leitura