22 min de leitura

Os disclosures de IPOs devem mudar (tem tudo a ver com gestão)

O excesso de storytelling e a falta de informações-chave de quem vai abrir capital nos EUA ensinam gestores globais

Aswath Damodaran, Daniel M. Mccarthy e Maxime C. Cohen
12 de julho de 2024
Os disclosures de IPOs devem mudar (tem tudo a ver com gestão) Imagem se não é conteúdo que normalmente tem um PDF
Link copiado para a área de transferência!

As regras destinadas a proteger os investidores acabaram por não ser páreo para os banqueiros que hoje lançam suas empresas nos mercados de ações.Em teoria, os disclosures exigidos de candidatas a empresas públicas devem fornecer aos investidores informações cruciais para determinar se eles querem adquirir ações e a que preço. O menos óbvio, mas igualmente importante, é que disclosures devem reforçar as boas práticas de gerenciamento, estabelecendo métricas de desempenho sólidas. No entanto, os regulamentos de disclosure existentes falham em ambos os aspectos. Eles estão desatualizados, e é hora de mudar.

As regras atuais foram projetadas para uma era diferente, quando as empresas que abriam o capital eram mais estabelecidas e tinham modelos de negócios comprovados. Hoje, em contraste, as empresas muitas vezes têm modelos de negócios não testados. A divulgação de informação sobre clientes é totalmente voluntária, então os executivos selecionam apenas os dados que retratam suas empresas da melhor forma possível. As divulgações são infladas, pouco informativas e muitas vezes enganosas, e os investidores não têm os dados de que precisam para tomar decisões informadas ou para responsabilizar gerentes e membros do conselho.

Como vencer a resistência interna à IA
Este conteúdo faz parte da edição #12 do MIT SMR Brasil.Já tem acesso? Fazer loginAssinarComprar edição
Aswath Damodaran, Daniel M. Mccarthy e Maxime C. Cohen
Aswath Damodaran é professor titular de finanças da New York University, EUA. Daniel M. McCarthy é professor-assistente de marketing da Emory University. Maxime C. Cohen é professor de gestão de operações e varejo da McGill University e diretor de seu lab de varejo.

Este conteúdo está tagueado como:

Deixe um comentário

Você atualizou a sua lista de conteúdos favoritos. Ver conteúdos
aqui